Pesquise neste blog

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Feliz Carnaval 2017!


Abrindo alas para o Carnaval 2017, uma foto do belíssimo sobrado histórico - já postado por nós anteriormente - que abriga a Galeria Scenarium, na Rua do Lavradio. A fachada já se encontra devidamente decorada, conforme se vê na foto, para celebrar o Carnaval no Centro Histórico do Rio. E que venha a folia! Feliz Carnaval a todos os que curtem e seguem a Olhos de Ver!

Foto: Alexandre Siqueira.


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Edifício Natal, o prédio do antigo Cine Pathé


Na foto vemos a bela fachada art déco do Edifício Natal, mais conhecido como edifício do antigo Cine Pathé. O prédio faz parte do período áureo da Cinelândia e foi projetado por Ricardo Wriedt em 1927. O Cine Pathé fechou as portas em 1998, quando os proprietários, cheios de dívidas e pouco público, alugaram o espaço para a Igreja Universal do Reino de Deus.

Foto: Leo Ladeira.



quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Interior da Igreja de São Francisco de Paula


A Igreja de São Francisco de Paula - com sua belíssima talha e seu majestoso altar-mor (de autoria de Mestre Valentim) - foi concluída em 1801 e ao longo de sua história sofreu várias intervenções de conservação e restauro. A talha original da capela-mor desapareceu por completo após a reformulação interna da igreja, empreendida entre 1855 e 1865, por Antônio de Pádua e Castro. Visita obrigatória para cariocas e turistas, com missas regulares de segunda a sexta, a partir de 12:00 até às 15:30. Largo de São Francisco de Paula, Centro.
 
Foto: Alexandre Siqueira.



sábado, 11 de fevereiro de 2017

Fachadas coloridas em plena SAARA


Fachadas coloridas em plena SAARA. Sobrados na Rua Buenos Aires, tendo ao fundo a Igreja do Santíssimo Sacramento, na Av.Passos. 

Foto: Leo Ladeira.



Olhos de Ver na Confeitaria Colombo...


A centenária Confeitaria Colombo, no Centro do Rio, merece muitos cliques e uma observação atenta de seus detalhes decorativos! A clarabóia de vidro decorado com motivos florais e anjos, os monumentais espelhos belgas, o elegante relógio, vitrines  montadas  com  finas  louças, entre outros elementos ornamentais. É de se encher os olhos! 

Fotos: Alexandre Siqueira e Leo Ladeira. 











quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Academia Imperial de Bellas Artes de volta para a Travessa das Belas Artes?


Este painel temporário é uma réplica (desenho sobre material plástico) do belo edifício em estilo neoclássico da antiga Academia Imperial de Bellas Artes, posteriormente Escola Nacional de Bellas Artes que existia na esquina da Travessa das Belas Artes e Rua Imperatriz Leopoldina, na região da SAARA. A Academia foi inaugurada em 1826 e seu edifício, concebido por Grandjean de Montigny, foi infelizmente demolido em 1938 para que o terreno recebesse o novo Ministério da Fazenda do governo de Getúlio Vargas. Acontece que o Ministério acabou por ser construído na Esplanada do Castelo e o terreno, pasmem, está vazio até hoje (ali funciona apenas um estacionamento)! O portal do edifício, contudo, foi preservado e removido para o Jardim Botânico. A estátua do ator João Caetano, que ficava no meio da praça em frente ao edifício, se encontra hoje em frente ao Teatro João Caetano (Praça Tiradentes). Curiosidades sobre a singela e quase desconhecida praça em forma circular (que acaba de ser restaurada) onde ficava a Academia: foi idealizada por Montigny em 1836 para proporcionar uma melhor vista da Academia e sua esplêndida porta de entrada, mas só foi concluída em 1847; foi a primeira vez que uma forma circular era utilizada em uma praça no Brasil.

Foto: Alexandre Siqueira. 




sábado, 4 de fevereiro de 2017

O triste fim da Pharmácia Cordeiro e a decadência de seu edifício


Há alguns dias, neste janeiro de 2017, resolvemos ver como estava a Pharmácia Cordeiro, localizada na Rua da Constituição, 45, Centro do Rio, e para nossa (desagradável) surpresa, o histórico estabelecimento não está mais lá! Não sabemos quando a farmácia fechou as portas, mas agora o que existe em seu lugar é uma loja de plásticos e tecidos. Fundada em 1895, a Cordeiro era uma das últimas boticas em funcionamento na cidade, trazendo em seu interior frascos e potes em louça e vidro, balcão de madeira com tampo de mármore e peças do laboratório de manipulação. Tanto o acervo como o prédio são tombados pelo Município do Rio desde 1984, mas o que se vê é um edifício em sofrível estado de conservação e o desaparecimento da loja centenária. No andar de cima do sobrado funciona a Fundação Espírita Bezerra de Menezes, mas ao contrário do que é largamente divulgado, o famoso Dr. Bezerra de Menezes nunca clinicou ali, e sim nos antigos endereços da Pharmácia Cordeiro: Rua Vinte e Quatro de Maio e Rua Primeiro de Março. O estabelecimento só foi transferido para a Rua da Constituição em 1908, quando o Dr.Bezerra já havia falecido. Lamentamos muito o atual estado do edifício e o fim da tradicional botica! 

Foto: Leo Ladeira. 




quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

No Centenário do Theatro Municipal (RJ), em 2009, uma visita guiada às obras de restauração



Em 14 de julho de 2009, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro completou 100 anos de criação. Na ocasião, a histórica casa de espetáculos, uma das mais importantes da América do Sul, passava por uma minuciosa restauração e abriu as portas para o público conhecer detalhes das obras, como vemos nesse vídeo exclusivo da Olhos de Ver. Os visitantes tiveram a rara oportunidade de chegar perto, por exemplo, do lustre de cristal central de 118 lâmpadas e da pintura circular do teto sobre a plateia (plafond), obra de Eliseu Visconti (1866-1944) conhecida como “A Dança das Horas”.




Escada monumental do Palácio da Fazenda, na Avenida Presidente Antônio Carlos


A monumental escada do Palácio da Fazenda, na Avenida Presidente Antônio Carlos, Centro do Rio, tem gradis atribuídos a Oreste Fabbri. Começa como duas escadarias nas laterais que emolduram o andar térreo. A partir do mezanino até o 15º andar, elas passam a ser uma só e adquirem o espetacular formato de hélice que se vê na foto. O Palácio foi inaugurado em 1943 e foi sede do Ministério da Fazenda até a mudança da Capital para Brasília.
 
Foto: Alexandre Siqueira.